Culturas
Cultura africana
Cultura asteca
Cultura chinesa
Cultura egípcia
Cultura grega
Cultura inca
Cultura indiana
Cultura maia
Cultura portuguesa
Cultura romana
Cultura japonesa

Deuses Egípcios

Deuses EgípciosAté de mostramos uma breve descrição de alguns deuses Egípcios, o que representavam, os seus significados e as relações que os uniam.

AMON:
O seu nome significa “o coulto”. Era o deus principal da cidade de Tebas. Na sua origem pôde ser um deus dos ventos, e portanto, era o protector dos navegadores. Se representa por aspecto humano e uma coroa de duas grandes penas verticais juntas.
Acabou unido com o deus Sol, recebendo o nome de Amon-Rá

ANUBIS:
Era representado como um chacal negro ou com um homem com cabeça de chacal ou de cão. Era o deus que presidia as mumificações e o guardião habitual das necrópoles. A sua função consistia em guiar a alma do defunto.

ANUKET:
Recebe o nome de “Senhora de Satis”, sendo Satis o nome da ilha de Sehel. Provavelmente seja de origem núbia. É a deusa esposa de Khnum e terceira da tríada de Elefantina. Ela tem uma coroa de penas apesar de por vezes ter apenas a coroa do Alto Egipto.

HORUS:
É o filho de Osiris e Isis. O faraó é a sua manifestação na terra. Representado como um homem com cabeça de falcão ou como falcão levando na sua cabeça a coroa do rei do alto e baixo Egipto. Como deus do céu, Horus é o falcão cujos olhos são a lua e o sol.

ISIS:
Foi, sem dúvida, a mais popular das deusas Egípcias. No ciclo de Osiris, Isis tem o papel de esposa do deus e é mãe de Horus. É a deusa que personifica o trono. É a chamada “mãe dos deuses”. Modela a seguir para esposas e mães. Era o símbolo da semente, crescimento e segurança da vida. Protegeu o seu filho Horus das agressões do seu tio Seth. Como mãe das estrelas simbolizou o céu da noite.

ITEMU:
Itemo é o deus solar. Mais tarde se considerou uma manifestação de Rá.
Nos cincos primeiros anos no reinado de Akenaton, o deus Itemu representava-se como um ser humano com cabeça de falcão, mas mais tarde era presentado como um disco solar e foi proclamado divindade suprema.

KHNUM:

Deus representado com cabeça de carneiro. Era o “deus das fontes” do Nilo, deus das águas que circulavam pelo mundo inferior. A sua função era a de criar os seres vivos, deuses e homens. Se pensava que este deus moldou o ovo primordial de onde sair a luz solar no inicio dos tempos.

OSIRIS:
Deus morto e deus dos mortos. Deus da vegetação, governa o mundo dos mortos a quem pode dar vida eterna a seu lado. Dele nasceram quatro deuses: Osiris, Isis, Seth e Neftis.

RÁ:
Rá é um dos nomes do sol. De resto é o deus solar do Egipto. Quando desaparece a oeste era Amon, o ancião encurvado esperando no mais alem dos mortOs que se aqueçam com os raios. Quando volta à vida pela manhã no este, o faz em forma de escaravelho. Durante o dia ilumina a terra em forma de falcão.

SETH:
Simboliza as forças destruidoras, a sua voz era o trono. Deus que personificou a terra desértica, a seca. Foi o assassino de Osiris. Era representado como um estranho galgo com orelhas compridas cortadas, um focinho para cima e um rabo bífido longo.




Contacte-nos Condições de uso